Deutschland online bookmaker http://artbetting.de/bet365/ 100% Bonus.

Download Template Joomla 3.0 free theme.

A UNIVERSIDADE SÃO TOMÁS DE MOÇAMBIQUE (USTM) é uma Instituição de Ensino Superior cuja criação se enquadra na visão do desenvolvimento global que decorre actualmente em Moçambique, na região e no mundo. A USTM tem como um dos seus grandes objectivos responder à crescente demanda dos moçambicanos no Ensino Superior. Particularmente, pretende garantir uma formação superior a todos os jovens, com capacidade intelectual, que não conseguem ingressar nas universidades e institutos superiores públicos bem como em algumas instituições privadas existentes um pouco por todo o País devido a dificuldades financeiras.

 

É com muito orgulho que a USTM faz parte do Conselho das Universidades São Tomás de Aquino (ICUSTA), sendo a primeira Universidade no Continente Africano a integrar-se nesta Associação Internacional, tendo, mais tarde, aderido à referida Associação outras Universidades de África. De dois em dois anos, as Direcções das 32 (trinta e dois) universidades reúnem-se em Assembleia Geral numa das instituições da ICUSTA para o balanço das actividades realizadas e para a planificação bienal das suas actividades seguintes, com particular destaque para a avaliação da mobilidade de docentes e de estudantes entre as Universidades da ICUSTA.

 

Com o apoio da ICUSTA, a USTM tem potenciado cada vez mais e melhor o ensino universitário em Moçambique, quer na capacidade de acolhimento do maior número de jovens que procuram o Ensino Superior, quer no fornecimento de melhores oportunidades a muitos cérebros e génios que se perdem por falta de espaços e de meios para se valorizarem. Na verdade, como refere o Plano Estratégico de Ensino Superior, "as condições económicas das famílias não deveriam ser limitantes para o acesso", por um lado e, por outro, "factores de origem socioeconómica, étnica e regional, género e outros não deveriam ser impeditivos de acesso ao Ensino Superior" (PEES, p. 25)

 

A criação da USTM como instituição de Ensino Superior enquadra-se também na Agenda 2025 que foi lançada pelo então Chefe de Estado moçambicano, a 25 de Junho de 1998, em que um dos seus grandes objectivos é convidar a todos os moçambicanos a reflectirem, em conjunto, sobre o futuro do País, nos próximos 25 anos, para além de formularem uma visão e estratégias nacionais. A Agenda 2025 é, em resumo, um «guião para o desenvolvimento de Moçambique até ao ano de 2025". Guiada pelos princípios desta agenda, a USTM pretende dar o seu contributo, com o objectivo de fazer com que Moçambique se transforme num país empreendedor e de sucesso contínuo, com vista a alcançar o desenvolvimento almejado.

 

Na USTM sabemos que a luta contra o atraso no desenvolvimento só se torna difícil quando há falta de domínio da ciência e da técnica e quando há dependência em relação ao exterior, nos ramos económico, político, cultural, entre outros. Assim, só será possível lograr vitórias com uma população escolarizada. Daí que, um dos grandes desafios da USTM é a criação de condições para uma educação de qualidade e acessível a todo o povo moçambicano, com principal destaque para as camadas mais desfavorecidas, com enfoque para a mulher.

 

Na USTM, orgulhamo-nos pelo facto de a maior parte dos nossos estudantes ser do sexo feminino. E não só. Até hoje, a maior parte dos estudantes formados e graduados na USTM são do sexo feminino. Estamos certos de que, como refere a Agenda 2025, «a Educação e a Formação da Mulher são determinantes dado ao carácter insubstituível do papel que ela assume como mãe, dirigente e educadora das novas gerações e, para cumprir cabalmente, o seu papel social e de cidadã, deve ser-lhe dada a oportunidade permanente de aceder a conhecimentos e práticas, de modo a manter-se actualizada e a estar preparada para apoiar aqueles que dela dependem.» (Agenda 2025).

 

Durante os dez anos de sua existência, a USTM procurou satisfazer as necessidades de ensino e educação de todos os moçambicanos independentemente da sua etnia, raça, sexo, origem social, cultural, religiosa, opção política e estado de saúde. É por essa razão que, nos próximos 10 anos, tudo faremos em prol da nossa nobre missão de Providenciar uma Educação de Qualidade com Maior Acesso, através da utilização da técnica e ciência, prestando serviços comunitários/públicos de interesse colectivo, sem fins lucrativos, promovendo, assim, o desenvolvimento económico, social, político e cultural de Moçambique.

 

O Reitor

 

Joseph M. Wamala, PhD

Newsletter

Certifique-se de que você não perca acontecimentos interessantes ao se juntar ao nosso programa de newsletter.

Contacte-nos

Campus Universitário

  • Tel: +258 21 327 274 Fax: +258 21 327 274

Conecte-se conosco

Estamos nas Redes Sociais. Siga-nos e entre em contacto.